Conheça 6 mulheres do setor automotivo que fizeram e fazem história

No decorrer dos anos, as mulheres do setor automotivo estão ganhando cada vez mais espaço. Seja pilotando motos ou dirigindo carros, caminhões, carretas ou até mesmo ônibus, apesar da quantidade ainda inferior à dos homens, é possível vê-las nas estradas brasileiras. 

Hoje, somente aqui no país há 182.376 mulheres dirigindo caminhões, por exemplo, conforme dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). No entanto, para conquistar esse avanço foi necessária a batalha de outras guerreiras. Mulheres essas que você vai conhecer neste texto. 

Boa Leitura! 

6 mulheres do setor automotivo que fizeram história 

1. Bertha Benz: a primeira motorista

Quando falamos sobre as mulheres no setor automotivo, Bertha Benz não pode faltar. Ela foi a primeira mulher a fazer uma viagem de longa distância dirigindo um carro no mundo. Em 1888, aos 39 anos, Bertha percorreu cerca de 104 quilômetros entre as cidades de Mannheim e Pforzheim, na Alemanha, para encorajar o marido Karl Benz a continuar seus trabalhos envolvendo a criação de automóveis. 

210 8 tv corporativa 01 01

2. Helene Rother: a primeira designer de automóveis

Helene Rother, em 1943, foi a primeira mulher designer de automóveis em uma grande montadora, a General Motors. Ela foi responsável por abrir as portas das montadoras para outras mulheres. 

3. Léa Aguiar: a primeira motorista de ônibus no Brasil

Léa Aguiar se tornou a primeira motorista de ônibus no Brasil depois da família ser contra a ideia. No entanto, minutos depois ela foi parada por um carro-patrulha e levada para delegacia pelos policiais, pois achavam que ela não tinha permissão para dirigir. Esse fato ocorreu em 1959 e ela foi liberada logo em seguida. 

Depois disso, iniciou seu trabalho como motorista de ônibus na empresa Auto Lotação Ingá, em Niterói. Ela nunca levou uma multa ou se envolveu em acidente. Além disso, se aposentou do volante aos 78 anos. 

210 8 tv corporativa 01 03

4. Neiva Zelaya: a primeira caminhoneira do Brasil 

Mais uma das mulheres do setor automotivo é Neiva Zelaya, a primeira caminhoneira da história do Brasil, no inicio dos de 1950. Ela comprou um caminhão e decidiu fazer frete por todo o país, levando sempre seus filhos a bordo. Neiva dirigiu diferentes caminhões, puxando cargas de materiais de construção. Ela trabalhava cerca de 14 horas por dia. 

5. Mary Barra: a primeira mulher presidente de uma grande montadora

Mary Barra é a primeira mulher do mundo a se tornar presidente de uma grande montadora. Desde de 2014, ela é CEO Global da General Motors (Chevrolet). Porém, sua história inicia na empresa desde os 18 anos, e já passou por vários cargos, incluindo Vice-Presidente Executiva de Desenvolvimento de Produto, Compras e Cadeia de Suprimentos. 

6. Débora Rodrigues: a primeira mulher a competir na Fórmula Truck

A paranaense Débora Rodrigues pilota caminhões há 20 anos. Ela foi a primeira mulher a competir na Fórmula Truck, atual Copa Truck. Ela abriu portas para outras mulheres na modalidade, como Cristina Rosito e Carolina Canepa (uruguaia). Hoje, aos 53 anos, ela voltou a ser a única mulher na competição. 

210 8 tv corporativa 01 06

BÔNUS: Mary Anderson: a criadora do limpador de para-brisa

Mary Anderson foi a criadora de um dos itens mais úteis dos automóveis: o limpador de para-brisa. Em 1903, ela notou que os motoristas precisavam abrir as janelas sempre que chovia. Por isso, criou um braço com uma ponta de borracha, o que se tornou o limpador de para-brisa.

Gostou deste conteúdo? Para conferir muitos outros como este siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram

NOTÍCIAS RECENTES