Ônibus cedido pela Reunidas é entregue para Fetrancesc

O Grupo Reunidas entregou, na tarde de ontem (8), um ônibus cedido para a Federação das Empresas de Transporte de Carga do Estado de Santa Catarina (Fetrancesc). O veículo será usado para o treinamento de motoristas do transporte coletivo de passageiros no SEST SENAT. Participaram da entrega das chaves a coordenadora de qualidade da Reunidas, Franciele Dalzoto, o coordenador Unidade Florianópolis da Reunidas, Guilherme Ávila, Maurus Fiedler, diretor-executivo da Fetrancesc, Alan Zimmermann, coordenador da Federação, além da diretora do SEST SENAT Florianópolis, Patrícia Ferreira, a coordenadora do SENAT, Dilaite Andreatta, além dos instrutores Wagner Vieira e José Adão Michalak. A assinatura do termo de cessão foi realizada durante a reunião do Conselho de Representantes da Federação no dia 18 de fevereiro, em Florianópolis.

O brasileiro está viajando mais

Tecnologia é importante aliada na hora das reservas

Um estudo, realizado pelo Ministério do Turismo, mostra que o brasileiro tem viajado cada vez mais. No ano de 2017, em relação a 2016, por exemplo, o aumento foi de 15%, um número significativo. Atualmente, cerca de 60 milhões de brasileiros viajam pelo país e há ainda 70 milhões prontos para entrar nesse mercado. E o que antes era algo supérfluo, passou a ser uma necessidade, especialmente com o estresse do dia a dia, viajar se tornou um santo remédio para aliviar as mazelas do cotidiano.

Mas, qual o motivo dessa mudança?
Muitos fatores têm influenciado para essa mudança de comportamento, vamos ver alguns deles:

Propagação da internet
Antigamente, planejar uma viagem era tarefa difícil. Você teria que deslocar-se até uma agência de viagens, ver os pacotes disponíveis e ter que confiar nas informações que eram passadas sobre o local, roteiro, gastronomia e hotel. Além disso, o custo era alto e as condições de pagamento não eram facilitadas. Se quisesse comparar preços, precisaria ir em outras agências, gastando o maior tempo.

Hoje, tudo isso mudou. Basta um smartphone com acesso a internet e você pesquisa lugares, hotéis, restaurantes, passagens e com um clique faz as reservas.

Parcelamento
O pagamento era o maior empecilho. Era, pois, hoje, qualquer pessoa pode fazer seu planejamento financeiro e usando o popular cartão de crédito, parcelar tudo em várias vezes, sem juros. Ficou fácil, né?
Muitas opções

As variadas opções de hospedagem foi outro fator importante na decisão de viajar. Ainda que tenhamos um valor reduzido, a viagem pode ser realizada. Além dos hotéis, há os hostels, que podem ser compartilhados com diversas pessoas e inclusive possuem cozinha compartilhada, tudo isso reduzindo o custo final do passeio.

Após tudo isso, percebemos o quanto é fácil viajar. E você, está esperando o quê? Arrume as malas e bora viajar!

Cinco cidades que todo brasileiro deve conhecer

Confira a lista que preparamos para você

Nosso país tem uma extensão territorial imensa, o que permite diversos sotaques, culturas e povos num único território. Com tantas localidades, fica difícil decidir para onde ir no momento de viajar. Vamos listar aqui, cinco cidades encantadoras pelo nosso país. Confira:

São Miguel das Missões – RS
Quem gosta de lugares históricos, precisa conhecer São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul. Lá é possível visitar o Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo, um conjunto de ruínas do período das Missões Jesuíticas, quando padres fundaram as chamadas Reduções, onde passavam a habitar os índios evangelizados na região, ao final do século XVII. De tão importante e belo, foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Você não pode perder o Espetáculo de Som e Luz, o mais antigo espetáculo sem interrupção no Brasil, que fará você compreender melhor a saga dos Jesuítas e Índios Guaranis, especialmente o segundo ciclo missioneiro: como surgiram, desenvolveram-se e foram destruídos os 7 Povos das Missões.

Florianópolis – SC
Conhecida carinhosamente como Floripa, a linda capital catarinense tem muitas opções de diversão, mesclando história e modernidade. Além do centro histórico, a Ponte Hercílio Luz e as fortalezas que cercam a região, são parada obrigatória para qualquer turista. Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha, colonizada pelos açorianos, nos levam para o passado, com suas residências características. E claro, as praias, afinal ir para Floripa e não conhecer as belíssimas praias que o litoral reserva, não seria nada legal. E olha que são inúmeras: desde Joaquina e Mole, frequentada por surfistas, até Canasvieiras e Ingleses, reduto de famílias. Há ainda a famosa Lagoa da Conceição, lugar de quem procura contato com a natureza e exercícios ao ar livre. Enfim, em Florianópolis há opção para todos os públicos.

Palmas – TO
Palmas, a capital do Tocantins, fica no caminho de quem vai ao Jalapão. E muitas vezes, serve apenas de passagem, mas quem acaba conhecendo se surpreende com as belezas que a cidade reserva. Sendo a mais nova capital do país, foi planejada para muitos habitantes, por isso, possui uma arquitetura arrojada, com avenidas largas, dotadas de completo trabalho paisagístico e divisão urbanística, caracterizada por grandes quadras comerciais e residenciais, no entanto, não chega a 300 mil habitantes. Lá, você vai conhecer a Praça dos Girassóis, a maior praça da América Latina, que inclui um dos projetos de Oscar Niemeyer: o Memorial Coluna Prestes, que ocupa uma área de 570 m², curvas sinuosas característica de Niemeyer. Apesar de distantes do mar, os moradores não ficam sem praia. Como assim? É que Palmas tem suas praias de água doce, no imenso lago formado pela represa da Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães. Uma das mais belas é a praia da Graciosa, que tem mais infraestrutura e um belo pôr do sol.

Uberlândia – MG
A cidade mineira oferece diversas opções de lazer que proporcionam experiências únicas, especialmente para quem quer ter contato com a natureza para aproveitar em família. Com uma área total de 335 mil m², o Zoológico Municipal, possui um plantel de aproximadamente 200 animais, distribuídos em 50 espécies diferentes entre aves, répteis e mamíferos. A vegetação é predominantemente de cerrado e composta por mais de 300 espécies de árvores. Há ainda, o Aquário, um pavilhão de 1.080 m² de área construída, que comporta 36 aquários de 36 espécies diferentes de peixes, com valor econômico e ornamental. Aberto a visitações, dispõe do Museu de Biodiversidade do Cerrado, parque infantil, pista para caminhada e a trilha Interpretativa do Óleo, visando o conhecimento do parque e a educação ambiental. O Parque Municipal Victório Siquieroli, por se tratar de uma área remanescente de cerrado, apresenta grande importância como unidade de conservação, pois, além de garantir a preservação da comunidade vegetal local, em especial a área de Mata de Galeria, favorecendo sua recuperação e consequentemente manutenção da qualidade da água dos Córregos do Liso e do Carvão, preservando “sítios” de abrigo e alimentação para a fauna local, também constitui uma excelente fonte para o desenvolvimento de pesquisas científicas e atividades relacionadas com educação ambiental.

Goiânia – Go
Capital do estado de Goiás, Goiânia tem lindos parques e boas opções de restaurantes, é uma cidade planejada, erguida nos anos 1930 – o que explica o grande número de edifícios art déco no centro. Goiânia possui vários parques, com uma animada atmosfera social, com jovens e grupos familiares caminhando em seus arredores. Há, hoje, 94 km2 de área verde por habitante, o que coloca a capital goiana na lista das mais arborizadas do país, sendo a cidade brasileira com maior quantitativo de árvores em vias públicas. Possui a melhor infraestrutura urbana do Brasil (IBGE/2012) e maior parque de diversões público da América Latina. E para você que vai conhecer essa cidade encantadora, entre um passeio e outro, não deixe de conhecer as diversas opções de bares, sorveterias, cafés e restaurantes.